“É representatividade, não ostentação”, diz IZA sobre o incrível clipe de Gueto

 O clipe de Gueto estreou nessa Sexta (4) e conseguimos entrar um pouco no universo IZA com esse clipe cheio de referências.


Foto: Divulgação


A letra fala sobre o poder de IZA e uma mulher negra do gueto ter chegado tão longe. 

“essa música não é sobre ostentação, essa música é sobre ocupação, sobre alcançar os seus sonhos, sobre conquistar tudo aquilo que você quis e voltar pra casa, pra celebrar com os seus” - IZA sobre 'Gueto'


O clipe ainda tem uma estética maravilhosa de deixar qualquer um apaixonado, e chega a lembrar um pouco a fotografia do LaChapelle. O vídeo foi dirigido pelo Felipe Sassi e conta a história de IZA de maneira única.


Foto: Divulgação

Além do mais o clipe está recheado de referências e easter eggs, e listamos alguns deles aqui pra vocês. Vamos lá?!


  • O primeiro look apresentado foi inspirado no filme “101 Dálmatas“. Trata-se de uma versão mais divertida da Cruella. Um bom momento para trazer a estética, já que a vilã acaba de ganhar um filme protagonizado por Emma Stone.
  • Outra inspiração para a escolha da raça dos cachorros foi um um photoshot famoso de Naomi Campbell para a Vogue Britânica nos anos 90. A maquiagem do clipe também teve fortes referências da época, como as usadas pela modelo e pela cantora Lauryn Hill.

Imagem: Reprodução

  • A peruca de tampinha de garrafas em uma das cenas também teve uma inspiração de uma artista importante para IZA, a cantora Erykah Badu. Chique demais!

Imagem: Reprodução

  • Acha que as inspirações cinematográficas param por aí? Nada! O momento em que IZA passa assinando vários contratos com um pincel em um corredor é a reprodução de uma cena do filme “O Quinto Elemento”, de 1997. No longa, o personagem Ruby Rhod (Chris Tucker) passa por um corredor dando autógrafos com um pincel, ele também usa um cabelo afro e estampa animal print.

  • Mais a frente, você viu aqueles produtos que aparecem nas cenas de comerciais? Existem easter-eggs ali também. Um é o creme de cabelo hidratante chamado IZA e o outro são as joias “MEU TALISMÔ, um lembrete ao single lançado em agosto de 2019.

Imagem: Reprodução

  • A Igreja da Penha é um dos cenários do clipe e velha conhecida da cantora. Seu bairro natal, Olaria, fica logo ali ao lado e ela sempre ouvia os sinos da Igreja das missas aos domingos.

  • Na cena em que IZA samba, o pavilhão original da Imperatriz Leopoldinense aparece. Ele foi enviado pela escola especialmente para a gravação do clipe. Esse protocolo foi flexibilizado porque a regra não permite que a bandeira deixe a quadra da escola.

Imagem: Reprodução

  • Vamos falar de resistência? Há um take da bandeira do Brasil sendo pintada no chão enquanto IZA canta a música. Essa reprodução foi criada propositalmente sem o letreiro de “Ordem e Progresso”.

Imagem: reprodução

  • Nos últimos segundos do vídeo, surgem as kombis brancas, símbolo nacional, que representam as lotações tão utilizadas como meio de transporte nos subúrbios do país.



Durante coletiva de imprensa, IZA deu alguns detalhes sobre o processo de criação do clipe, inclusive informando que se não fosse pela pandemia do COVID-19, teríamos tido esse comeback bem mais rápido, pois a música já estava pronta em outubro de 2020. A musa quis esperar um momento e local mais seguro para gravar o clipe de seu jeitinho. E ficou maravilhoso, né?

Outro tópico comentando pela cantora foi sua parceria com a Devassa, que patrocinou sua live especial. IZA contou que irá lançar um programa de “caça-talentos” nas comunidades do Brasil! Então, se você é artista, fica ligado na chance de ser “descoberto” pela nossa imperatriz.




Imagens: Divulgação/Instagram Reprodução/YouTube
Fontes: Papel Pop e Portal Tracklist
Nota: SOTERA
{FullWidth}

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

INTER UNIJORGE SOTERA